fbpx

Não devíamos partilhar melhor o parque?

Lembro-me de o terreno ainda ser bravio e ter-se tomado a iniciativa de um S. João entre edifícios. Para nós crianças foi uma festa e na realidade nem custou assim tanto, umas mesas grandes e forradas e uns fogareiros com os homens a assar as sardinhas e as mulheres a tratar das mesas, foi o que bastou. Uma ótima iniciativa e como tal não se voltou a ver.

Mas houve pequenos grupos que ao longo dos anos foram tomando iniciativas de convívio neste jardim, como foi por exemplo o grupo dos amantes dos cães que nessa altura era tão heterogéneo que se discutiu à mesa doces, princípios vegan e quais as melhores carnes para assar, não deixando de ficar referido que as guloseimas é que foram sensação, pois foi um pormenor engraçado, as sobremesas todos levaram em grande! Lembro-me de um cão ter ficado calmo durante um bom período perto das sardinhas cruas que se estavam a assar, mas foi estratégica pois na melhor oportunidade lá roubou uma sardinha para comer. Tal foi o espanto da malta a vê-lo comer a sardinha crua que lhe deram outra para o consolar.

E será assim o jardim um mar de rosas? Claro que não muitos são aqueles que se queixam dos buracos provocados pelos cães e até mesmo das fezes pois nem todos limpam o que o seu animal faz. O parque infantil apesar de ter todas as indicações, muitos são os donos que deixam o seu animal ir para lá quando não é local para o cão permanecer. Sentir-se-iam seguros se vissem um cão mijar onde a vossa criança brinca?

Painel informativo

E no meio de tanta divergência agora a camara municipal colocou novas indicações, distribuiu painéis informativos por todo o concelho e claro também foram colocados no parque.

Agora não há dúvidas estão escritas as regras e quais as multas se não cumpridas.

Se quiser libertar o animal num parque para ele correr à vontade a freguesia de São Mamede de Infesta tem um local para isso junto ao parque de Picoutos. Parque esse que já sofreu com críticas severas que não tinha barras e tubos para treinar o animal!

Bem sei que a malta nunca está satisfeita mas digam-me lá se conhecem muitas freguesias com espaço pensado para o animal andar à vontade! Sim que neste parque vocês estão com o animal e ele não foge pois o local é vedado.

E entendo que os cães devam ter um local para eles, onde possam correr em liberdade e amizade, sim esse convívio é espetacular mas o jardim da Cooperativa da Realidade não tem tais condições.

As pessoas que já sabem como tem funcionado o jardim depois da hora do jantar, nunca levam o seu animal a passear por ali nem nas proximidades, pois apesar dos donos afirmarem que está controlado o certo é que quando um se apercebe que está a passar um mini vai logo a matilha toda a trás a cheirar. Bem isto revela-se assustador, claro que na maioria das vezes não se passa nada, mas já vi vezes sem conta a pessoa a desesperar o pegar no seu mini ao colo.

Visto que estes donos de cães, normalmente de médio e grande porte decidiram que os seus animais devem andar soltos para correrem uns com os outros então na minha opinião devia de haver um acordo de forma a que o espaço fosse melhor partilhado.

O que quero eu dizer com isto!? Sim devia ser uma regra que das 20h30 às 22h30 o espaço vai estar com animais de grande e médio porte soltos, logo é perigoso para minis. Na minha opinião esta regra era muitíssimo melhor que a porcaria das proibições, claro está que o apanhar os excrementos é para cumprir, o não deixar os animais irem para o parque infantil é para cumprir mas impedi-los de correr! Isso não faz sentido, e tanto não faz que apesar do grupo ter diminuído ainda são bastantes os donos que levam para ali o seu animal e o soltam.

E você qual é a sua opinião?

Partilhe este conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.